A Influência da Evidência Científica no Processo da Formulação de Políticas de Recursos Humanos Em Saúde: estudo de caso múltiplo

  • Ana Paula Cavalcante de Oliveira Unidade de Saúde Pública Internacional e Bioestatística, IHMT/UNL, Lisboa, Portugal
  • Gilles Dussault Unidade de Saúde Pública Internacional e Bioestatística, IHMT/UNL, Lisboa, Portugal
  • Mário Roberto Dal Poz Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IMS/UERJ), Rio de Janeiro, Brasil
  • Ulysses da Barros Panisset Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Brasil

Resumo

Brasil e Portugal vêm enfrentando desafios na área dos recursos humanos em saúde (RHS) como o de atrair e reter profissionais em áreas remotas e carentes, o que contribui para a redução do acesso aos serviços.

O estudo tem como objetivo compreender a influência da evidência científica no processo da formulação de políticas de RHS, que visem melhorar a equidade da distribuição geográfica dos profissionais. É composto por dois estudos de caso: o programa Mais Médicos no Brasil, que inclui entre suas medidas o recrutamento de médicos, brasileiros e estrangeiros de forma individual e por acordo bilateral com o governo cubano, para zonas com necessidades de serviços de saúde não atendidas; e a contratação de médicos estrangeiros por acordos bilaterais para o trabalho no serviço nacional de saúde em Portugal. Será realizada uma análise documental, literatura publicada e cinzenta e media e entrevistas semi-estruturadas com formuladores de política, stakeholders como os representantes das organizações profissionais e investigadores. Utilizaremos para a análise o quadro conceitual “3-I” qual assume que a formulação de políticas é influênciada por ideias, interesses de atores, instituições e fatores externos (LAVIS et al., 2012).

Os resultados contribuirão para o estabelecimento de um panorama do momento sobre os países em estudo e para a compreensão dos determinantes do uso da evidência científica na formulação de política.

Referências

Lavis JN, et al., (2012). Guidance for evidence-informed policies about health systems: Linking guidance development to policy development. PLoS Medicine 9(3).
Publicado
2015-11-20
Secção
Resumos: Conferência ENNIS & IMNRH