Impacto do isolamento familiar no uso de Medicamentos Potencialmente Inapropriados nos idosos: um estudo exploratório

  • Irene Constantino IPLeiria
  • Alda Mourão IPLeiria
  • Dina Tavares IPLeiria

Resumo

Introdução: O uso de medicamentos potencialmente inapropriados (MPIs) no idoso, frequente polimedicado, tem merecido atenção dos investigadores e profissionais de saúde, e tem sido estudado em diferentes cenários de prestação de cuidados (hospitais, lares, etc.). Este uso de MPIs acarreta não só questões com os gastos como também com a segurança do doente.

Objetivos: Este estudo exploratório pretende determinar a frequência do uso de MPIs em idosos em situação de isolamento familiar; identificar os MPIs mais frequentemente envolvidos; verificar se a idade e o sexo dos idosos, além do número de medicamentos, estão relacionados com o aumento do consumo de MPIs.

Metodologia e Resultados: Foi realizado um estudo retrospetivo da medicação de 7 idosos a viver em situação de isolamento familiar. O tamanho da amostra é representativa deste grupo populacional, a viver nestas circunstâncias, no concelho de Leiria (área urbana). A recolha de dados foi feita através de entrevista face-a-face, no domicílio dos utentes inquiridos, e registados pelo investigador no formulário criado para o efeito. Para identificar os MPIs foi utilizada a versão da operacionalização para Portugal dos Critérios de Beers feita por Soares et al. (2008). Os dados deste trabalho encontram-se ainda sob colheita.

Publicado
2015-11-20
Secção
Resumos: Conferência ENNIS & IMNRH